Negócios
Negócios - informações que te mantem por dentro do que rola no mercado A&B
2 weeks ago • Por Foodpass

Nossa curadoria de informações, tendências, cases de sucesso, histórias inspiradoras, principais eventos e notícias relevantes do mercado de A&B. Nos acompanhe e se mantenha atualizado 😄


___________________________



Nova Zelândia dará absorventes grátis nas escolas do país  

O anúncio vem seis meses depois do projeto-piloto ser implantado em 15 escolas da região de Waikato, beneficiando 3,2 mil estudantes, e ter sido considerado um sucesso pelos governantes.


"As jovens não devem renunciar à educação por uma coisa que faz parte da vida de metade da população", disse Ardern ao anunciar a ampliação do programa em uma escola de Hamilton, ressaltando que há um cálculo do governo de que 1 estudante em cada 12 não vai às aulas por não ter condições de comprar absorventes.


Clique para ler mais


___________________________


Genial! Estudantes criam prato descartável biodegradável para substituir o plástico


Duas estudantes de escola pública em São Paulo criaram uma alternativa sustentável para os pratos e utensílios descartáveis de plástico a partir do cará. Manuella Cristina Rodrigues Gonçalves e Mariana Caciatore Cardoso, ambas com 17 anos, alunas da Escola Técnica Estadual – Etec – Conselheiro Antonio Prado, de Campinas, SP, ficaram inconformadas com a quantidade de lixo após uma festa com pratos, talheres e copos plásticos.



Clique para ler mais

___________________________



McDonald’s quer paridade de gênero nas lideranças até 2030

O McDonald’s anunciou nesta quinta (18) um novo plano de metas de diversidade para seu quadro executivo, visando sobretudo o aumento do número de mulheres e grupos historicamente marginalizados em suas lideranças. A meta final é alta, com a rede de fast food querendo atingir a paridade de gênero em seu quadro de líderes até o fim de 2030.


De acordo com a CNBC, a companhia planeja até 2025 ocupar 35% dos cargos de direção e de altas lideranças com minorias, além de 45% com mulheres. As medidas representam respectivamente saltos de 6% e 8% aos dados que o McDonald’s apresentou sobre seu quadro interno de funcionários em 2020.


A empresa também prevê incentivos internos a partir de compensações anuais dadas aos vice-presidentes de acordo com o cumprimento das metas relacionadas, que incluem a criação de vagas, o engajamento com grupos de diversidade internos e externos e a mentoria e apoio a mulheres e minorias na ascensão a cargos maiores.


Clique aqui para ler mais


___________________________


Mulheres são melhores líderes em tempos de crise, indica pesquisa

Segundo estudo publicado na revista "Harvard Business Review", mulheres que ocupam cargos de liderança demonstram ter mais eficiência do que homens em igual posição na gestão de suas equipes durante períodos de crise.


Produzido por Jack Zenger e Joseph Folkman, o levantamento intitulado "Mulheres São Melhores Líderes Durante a Crise" analisou o desempenho de 454 homens e 366 mulheres entre março e junho de 2020, nos primeiros meses da pandemia do novo coronavírus, de acordo com métodos listados no livro "360º do Líder Extraordinário", escrito pela dupla. Foi realizada também uma avaliação sobre a satisfação e o comprometimento dos funcionários de cada gestor.


As mulheres tiveram melhor classificação em 13 das 19 competências de liderança consideradas na pesquisa, destacando-se especialmente pelo uso de habilidades interpessoais, como colaboração e motivação, para apresentar resultados mais positivos e contribuir mais expressivamente para o engajamento de sua equipe. O estudo concluiu que elas também manifestaram maior conscientização e preocupação sobre as inseguranças dos funcionários em meio à crise sanitária e econômica da Covid-19 e transmitiram mais confiança em planos e estratégias de trabalho.


Clique e leia a matéria completa



___________________________



Capitalismo consciente. É possível?

Um movimento de empresas que trabalham não só pelo lucro, mas também para diminuir desigualdades e causar um impacto positivo no mundo. 





Isso começou em 2004, nos Estados Unidos, com o professor Raj Sisodia. Um indiano naturalizado americano, que teve acesso aos dados de empresas que, juntas, investiam cerca de 1 trilhão de dólares em publicidade, quase o mesmo que o PIB da Índia na época. 



Claramente ele ficou indignado com tanto dinheiro gasto para atrair clientes e vender produtos e foi então que Raj começou investigar o que empresas que não precisavam de tanto dinheiro, tinham de diferente. Nessa investigação ele notou quatro características: 


- elas eram movidas por um propósito maior do que o lucro; 

 


- tinham um líder consciente; 

#


- valorizavam todos os elos da cadeia em que estavam inseridas; 


- tinham uma cultura resiliente. 


E ainda, concluiu que fazer o bem era um bom negócio, pois essas empresas conseguiam resultados melhores que a média, especialmente nos tempos de crise. Com isso, surgiu o movimento que tenta inspirar outras companhias a se tornarem mais humanizadas, sustentáveis e inovadoras.



“Se todo o setor de alimentos fosse mais consciente, poderia corrigir grandes mazelas planetárias”



Clique e conheça o movimento


_______________________________________


Projeto de lei para acabar com abate em massa de pintinhos machos, é aprovado na Alemanha


Aproximadamente 45 milhões de pintos machos são mortos todos os anos apenas na Alemanha, de um total estimado de 7 bilhões em todo o mundo.



A medida aprovada prevê a proibição da matança em massa de frangos a partir de 2022. O assunto entra em pauta porque normalmente os pintinhos machos, são triturados ou gaseados porque têm pouco valor para o mercado avícola.


O processo pelo qual os ovos machos serão identificados se chama Seleggt, e usa um laser para abrir um buraco não invasivo de 0,3 mm na casca do ovo entre o 8º e o 10º dias de incubação. Uma gota de fluido é extraída e testada para um hormônio (sulfato de estrona) que indicaria um pintinho fêmea.


O projeto de lei também exigirá que os avicultores usem métodos que funcionem em um estágio anterior do processo de incubação, evitando a dor dos embriões não nascidos, mas para isso, ainda precisa passar pela Câmara dos Deputados, o Bundestag, e conta com bastante apoio público para sua aprovação.


Clique para ler mais


_______________________________________


Michael Chaney, é cidadão de Tampa, na Flórida, e como milhões de norte-americanos (e pessoas de todo o mundo) teve sua vida e segurança alimentar impactadas com a crise da Covid-19.


Mas hoje estamos aqui para falar sobre como Michael usou o dinheiro do auxílio do governo americano para construir uma horta que combate a dificuldade de acesso a comida que ele e a sua comunidade poderiam enfrentar nos tempos de pandemia.


A criação da horta foi no quintal de sua casa, com alimentos suficientes para suprir suas necessidades e também do pessoal da comunidade. Com isso, ele tem mamão, berinjela, cebola, tomate, maçã de caju e dezenas de outras plantas. Ele encoraja qualquer pessoa a pensar a longo prazo e em segurança alimentar.


"Meu objetivo é fazer com que minha comida tenha custo zero. Assim, meus restos de comida vão para o caixote da composteira com minhocas, eles comem isso e produzem mais minhocas. Essas são dadas às galinhas. A galinha produz ovos, eu vendo os ovos e como os ovos a vida é boa", disse Chaney.


Quer saber mais detalhes sobre a história de Michael? Então clique aqui




_______________________________________


HELPHOUR é uma iniciativa que apoia bares e restaurantes, que nesse momento, trabalham com restrições. Os donos dos estabelecimento convidam seus frequentadores a chegar mais cedo e aproveitar os serviços em horários não tão convencionais. Vale lembrar que todos esses lugares estão seguindo à risca todas as recomendações da OMS.

 

Clique aqui e conheça o movimento

_____________________________________________

 

Protesto #NÃONOSCONFUNDAM

Na terça ferira do dia 02 de fevereiro, donos de bares e restaurantes protestaram na Av. Paulista contra as restrições impostas ao funcionamento dos estabelecimentos do setor.

“A gente está pedindo diálogo. Se for para fechar, precisamos ter apoio para os nossos colaboradores. O setor não é feito só de grandes redes de restaurantes ou de casas dedicadas à alta gastronomia”, afirmou Mariana Pelozio, sócia do restaurante Duas Terezas.



Notícia

 O governador de São Paulo João Dória anunciou a flexibilização de medidas da quarentena em todo o Estado e afirma ainda que se a queda no número de casos for confirmada, anunciará a suspensão do fechamento de bares e restaurante. O que muito alivia boa parte dos brasileiros e tranquiliza o movimento supracitado.


Clique para ler a notícia

 

_____________________________________________

 

Alta dos alimentos

A inflação desacelerou em janeiro, mas infelizmente para alguns brasileiros acabou ficando mais caro colocar alimentos na mesa. Essa alta atinge principalmente as batatas, cebolas, tomate e até o gás de cozinha.


Em janeiro o grupo de comida e bebidas subiu em média 1,02% e os preços dos alimentos estão mais altos em 2021 se comparado ao mesmo período do ano passado.

Como isso refletiu no seu negócio?


Clique para ler a matéria

 

_____________________________________________

 

Biblioteca de sementes lançada por adolescente

Alicia Serratos passou grande parte da quarentena criando kits com sementes orgânicas de vegetais, ervas e flores para ajudar as comunidades a ter uma espécie de “biblioteca de sementes” e agora o ato se estendeu. Empresas e proprietários de residências começaram a criar minibibliotecas em um esforço para impulsionar a horta alimentar e promover o acesso a segurança alimentar.


“Fico muito feliz que tantas pessoas estejam interessadas em cultivar alimentos e ter bibliotecas de sementes”, afirma Alicia.



Clique e leia a matéria completa

 

_____________________________________________

 

Crescente do delivery online e seus reflexos

As mudanças que vivenciamos constantemente em nossos modos de comer aumenta nossa liberdade e opções, ou só nos aprisionam ainda mais?


O crescimento das informações e tecnologias sobre a vida humana provocou diversas transformações nas maneiras de comer. As mudanças são tantas que até os pesquisadores da área da alimentação tem dificuldades quando vão tirar conclusões sobre o que está acontecendo, pois tudo é um universo de novas descobertas.

Segundo a empresa Statista, em 2024 as plataformas digitais de delivery no Brasil, terão mais de 25 milhões de pessoas. E existem ainda, pesquisas que mostram que o modo como nos alimentamos pode ser alterado até mesmo quando assistimos Netflix.


Clique e leia a matéria completa

 

Thumbnail

Lançamento do livro “Roça É Vida”, dos quilombolas do Vale do Ribeira (SP) | #CasaFloresta

Canal Instituto Socioambiental
781
Thumbnail

Dia dos Pais Foodpass e Lexus - 2020

Canal Foodpass
1.824
Thumbnail

Arraial Foodpass & Bonduelle | Chefs Convidam

Canal Foodpass
5.524
Thumbnail

Food Female 2019 | Encontro de mulheres da cadeia do alimento!

Canal Foodpass
0
Thumbnail

Peru Week | Uma Viagem de Sabor Inesquecível

Canal Foodpass
76
Thumbnail

"Fine Dining" Recipe Challenge | Pass it on

Canal SORTEDfood
1.653.297